Abime
Projetos

Conheça dois guias gratuitos para educadores inovarem nas práticas de ensino e aprendizagem

Instituto Crescer disponibiliza em seu site dois conteúdos, o ‘Crescer em Rede: Edição Especial Metodologias Ativas’ e o ‘Oficinas Crescer em Rede’

via Revista Educação

Em comemoração aos seus 18 anos, o Instituto Crescer acaba de disponibilizar de forma gratuita dois guias que têm a finalidade de colaborar com professores dispostos a inovarem em suas metodologias de ensino, o Crescer em Rede: Edição Especial Metodologias Ativas e o Oficinas Crescer em Rede.

Guias de aprendizagem para educadores

Crescer em Rede: Edição Especial Metodologias Ativas é um documento que apresenta práticas implementadas junto a alunos e/ou em atividades de formação de professores organizadas pelo Instituto Crescer. Em síntese, a ideia é incentivar o educador a refletir sobre as possibilidades de vivenciar metodologias ativas da melhor forma.

Dessa forma, a diretora técnica da instituição, Luciana Allan, defende que o professor precisa ter oportunidade de estar em constante formação para visar novas práticas pedagógicas. Além disso, a diretora acredita que “para trabalhar com metodologias ativas, é fundamental estar disposto a romper estruturas arcaicas e engessadas de ensino. É preciso virar a chave, pensar a educação de uma forma como nunca foi pensada e bons exemplos ajudam neste processo”, defende.

No guia Oficinas Crescer em Rede são apresentadas propostas de oficinas pedagógicas para grupos de duas faixas etárias, 8 a 12 anos e 13 a 16 anos, que podem ser realizadas não somente na sala de aula, mas também em ações de voluntariado.

A apresentação é em forma de planos de atividades e contem detalhamento de materiais necessários (recursos simples) e tempo de aplicação de cada etapa. Assim também, o  objetivo é dar suporte para desenvolver nos pequenos competências cognitivas e socioemocionais.

“Esperamos que as escolas ou instituições que trabalhem com educação aproveitem o material para criar oportunidades de aprendizagem significativa para crianças e adolescentes brasileiros, que, mais críticos e participativos, poderão ajudar a construir um Brasil melhor”, finaliza Luciana, diretora do Instituto Crescer.

Fonte: Revista Educação | http://www.revistaeducacao.com.br

Postado por: ABIME | www.abime.com.br

Related posts

Projetos da Educação Infantil e Ensino Fundamental I trabalham valores ligados à cidadania

Carolina Sab

Projeto Livro Vivo chega a 13 estações de coleta de Santo André

Carolina Sab

Cursos do projeto Escolas Conectadas recebem inscrições até 2 de abril

Carolina Sab

Deixe um comentário