16 de julho de 2019
Abime
Projetos

Portal oferece conteúdos para tornar a sala de aula mais criativa

São mais de 2500 materiais disponíveis de forma gratuita. Iniciativa é da Faber-Castell

via Revista Educação

Auxiliar professores a encontrarem conteúdos curriculares criativos e atrelados à BNCC (Base Nacional Comum Curricular) e ainda ajudá-los a ganhar tempo nesse processo de planejamento pedagógico. Esse é o objetivo da plataforma gratuita Co-laborando, organizada pela Faber-Castell.

Com ferramentas digitais que visam levar dinamismo para a sala de aula, o portal possui conteúdos de todas as áreas do fundamental I, como português, matemática, artes e história.

Com mais de 2500 materiais escritos, apresentações prontas, vídeos e games, todos segmentados por disciplinas, a plataforma também possui informações voltadas para educação especial, ferramentas digitais e formação docente.

Ajuda no preparo da aula

“O objetivo é inspirar os professores oferecendo planos de aulas mais interativos que facilitem sua rotina docente. Sabemos o quanto é corrido o dia a dia deles, então, selecionamos os melhores recursos disponíveis atualmente no universo virtual, para que em poucos minutos, eles já consigam preparar a sua próxima aula. São desde materiais escritos, apresentações a até vídeos e games segmentados por disciplinas”, explica Eduardo Ruschel, diretor de marketing e inovação da Faber-Castell.

Segundo consta na própria plataforma, já são mais de 80 mil inscritos, que podem trocar experiências com outros professores, criarem suas próprias bibliotecas e outras vantagens.

Para ter acesso, basta se cadastrar no próprio site. Mais informações clique aqui.

Fonte: Revista Educação | http://www.revistaeducacao.com.br

Postado por: ABIME | www.abime.com.br

Related posts

Projeto Escolas que Inovam é reconhecido em prêmio de arquitetura

Carolina Sab

Série retrata experiência de 13 escolas brasileiras que inovaram na educação

Carolina Sab

Pedagogia inclusiva: conheça as ações que promovem educação para estudantes com deficiência em Florianópolis

Carolina Sab

Deixe um comentário