19 de janeiro de 2020
Abime
Saber Pedagógico

FTD lança 6 coleções de Monteiro Lobato com obras infantis, juvenis e adultas

Entre os destaques está ‘Lobato em Cena’, que possui textos em prosas e adaptações para o teatro. Todos os livros contam ainda com projeto de apoio pedagógico

via Revista Educação

A importância de Monteiro Lobato (1882-1948) é tamanha que em 18 de abril, data de seu nascimento, comemora-se o Dia Nacional do Livro Infantil. Para homenagear o escritor — e para a alegria de muitas pessoas — a editora FTD Educação lança seis coleções de obras de Lobato que vão de histórias infantis, juvenis a adultas.

Todos os livros contam com materiais de apoio para pais e professores e com um projeto pedagógico a ser desenvolvido ao longo do ano, o Viva Lobato. Entre as atividades propostas para a sala de aula está o grande sarau, com apresentações dos trabalhos elaborados pelos alunos, culminando em uma festa junina temática.

FTD coleções Monteiro Lobato

Livro Aventuras do Príncipe, ilustração Veridiana Scarpelli

Curiosidades

A coleção Lobato em Cena é uma nova forma de perceber o autor, uma vez que possui textos em duas linguagens: prosa e adaptação para o teatro. No primeiro volume da coleção, O museu da Emília possui ilustrações do artista Carlo Giovani, que cria maquetes de papel que imitam uma cenografia de palco.

“Nossa ideia foi mostrar a obra lobatiana como nunca havia sido apresentada, para um amplo espectro de leitores, da educação infantil ao ensino médio. Foram meses de conversas, discussões e pesquisas para chegar a edições atrativas, inovadoras, que fizessem jus à linda produção do escritor e que trouxessem características modernas ao seu trabalho”, revela Isabel Coelho, gerente editorial de literatura da FTD Educação.

Meu Primeiro Lobato é uma coleção indicada para o público infantil e fundamental I, cuja proposta foi a de extrair dos livros clássicos e de outros materiais do escritor — como cartas — narrativas curtas e com muitas ilustrações. O livro O pinguim que andou de bonde faz parte desta coleção e é baseado em duas cartas escritas por Lobato em 1915 ao amigo Godofredo Rangel, nas quais ele relata o inusitado episódio de um passeio de bonde em Santos na companhia de um pinguim. A obra é ilustrada por Nelson Cruz.

Mão na massa

A produção do projeto teve início em 2017 e contou com cerca de 30 profissionais, desde escritores a designers gráficos e ilustradores. A editora convidou ainda um time de especialistas na obra do Lobato para criar a estrutura das coleções e participar do desenvolvimento de etapas como seleção dos textos, revisão técnica, textos de introdução, posfácios, convites à leitura, notas bibliográficas e glossários. Entre eles, estão: João Luís Ceccantini, doutor em Letras pela Universidade Estadual Paulista; Milena Ribeiro Martins, doutora em Teoria e História Literária pela Universidade Estadual de Campinas; Hélio de Seixas Guimarães, professor livre-docente de Literatura Brasileira no Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas na Universidade de São Paulo; e Emerson Tin, doutor em Teoria e História Literária pelo Instituto de Estudos da Linguagem da Universidade de Campinas;

Foi desenvolvido um site com detalhes das coleções e entrevistas com especialistas que atuaram no projeto. Para saber mais clique aqui www.monteirolobato.ftd.com.br.

coleções Monteiro Lobato FTD Educação

Ilustração Fido Nesti no livro A reforma da natureza

A edição também conta com dois textos de especialistas nas seções “A chave para descobrir os clássicos” e “Convite à leitura”, além de um posfácio do organizador da obra. Os livros da coleção Almanaque dos Clássicos da Literatura Brasileira são os mais completos para o aluno se familiarizar com os grandes autores da literatura brasileira.

Fonte: Revista Educação | http://www.revistaeducacao.com.br

Postado por: ABIME | www.abime.com.br

Related posts

5 textos de Rubem Alves sobre educação

Carolina Sab

“Leituras elásticas” são novo conceito para formar leitores

Carolina Sab

Como estudar para provas, segundo neurocientistas

Carolina Sab

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.