19 de agosto de 2019
Abime
Políticas Públicas

Em São Bernardo, projeto “Roteiro Educador” transforma a cidade em sala de aula

via Secretaria de Educação de São Bernardo do Campo

Desenvolvido pela Secretaria de Educação, iniciativa atenderá em 2019 cerca de 33 mil alunos da pré-escola ao 5º ano; objetivo é estimular o protagonismo infanto-juvenil

Ter uma aula sobre o meio ambiente às margens da Represa Billings, sobre a importância da Rodovia Anchieta para o desenvolvimento econômico de São Bernardo ou um pouco da história da cidade na Rua Marechal Deodoro. O projeto “Roteiro Educador”, desenvolvido pela Prefeitura de São Bernardo, por meio da Secretaria de Educação, estimula o protagonismo infanto-juvenil e a ampliação dos espaços de aprendizagem para os alunos da rede municipal, transformando a cidade em uma grande sala de aula.

A iniciativa impactará cerca de 33 mil alunos da pré-escola (Infantil V) ao 5º ano do Ensino Fundamental. A meta em 2020 é atingir todos os cerca de 82 mil estudantes, incluindo os alunos da creche à EJA(Educação para Jovens e Adultos).

“O Roteiro Educador está alicerçado no conceito de Cidades Educadoras, que visa ampliar o conhecimento dentro da perspectiva de educar na cidade, com a cidade e para a cidade. A iniciativa foi planejada considerando as diferentes faixas etárias dos alunos e as características de cada espaço, buscando aliar os conhecimentos adquiridos nas diferentes experiências de estudo de meio com as propostas pedagógicas de sala de aula”, explicou a secretária de Educação, Sílvia Donnini.

Entre os espaços selecionados para o roteiro estão a Chácara Silvestre, icônica propriedade do primeiro prefeito da cidade, Wallace Simonsen, e tombada pelo COMPHAC (Conselho Municipal do Patrimônio Histórico e Cultural de São Bernardo), a Cidade da Criança, o Centro de Reflexão de Trânsito (CRT), o Parque Estoril, a Pinacoteca e a Rota São Bernardo.

Este último roteiro foi elaborado para os alunos do 5º ano e tem o objetivo de apresentar um pouco dos espaços que fazem parte da história de São Bernardo, passando por locais emblemáticos como a Balsa João Basso, a Represa Billings e a Prainha do Riacho Grande; Rua Marechal Deodoro, Praça Lauro Gomes, Capela Nossa Senhora da Boa Viagem e Santa Filomena e Paço Municipal. Destaque para Câmara de Cultura Antonino Assumpção. Este local, que foi a primeira Prefeitura e Câmara Municipal da cidade, hoje abriga uma exposição com os primeiros prefeitos do município – de Wallace Simonsen a Em São Bernardo, projeto “Roteiro Educador” transforma a cidade em sala de aula.

Desenvolvido pela Secretaria de Educação, iniciativa atenderá em 2019 cerca de 33 mil alunos da pré-escola ao 5º ano; objetivo é estimular o protagonismo infanto-juvenil. Ter uma aula sobre o meio ambiente às margens da Represa Billings, sobre a importância da Rodovia Anchieta para o desenvolvimento econômico de São Bernardo ou um pouco da história da cidade na Rua Marechal Deodoro: essas são algumas das atividades do projeto “Roteiro Educador”, desenvolvido pela Prefeitura de São Bernardo, por meio da Secretaria de Educação, que estimula o protagonismo infanto-juvenil e a ampliação dos espaços de aprendizagem para os alunos da rede municipal, transformando a cidade em uma grande sala de aula.

A iniciativa impactará cerca de 33 mil alunos da pré-escola (Infantil V) ao 5º ano do Ensino Fundamental. A meta em 2020 é atingir todos os cerca de 82 mil estudantes, incluindo os alunos da creche à EJA (Educação para Jovens e Adultos).

“O Roteiro Educador está alicerçado no conceito de Cidades Educadoras, que visa ampliar o conhecimento dentro da perspectiva de educar na cidade, com a cidade e para a cidade. A iniciativa foi planejada considerando as diferentes faixas etárias dos alunos e as características de cada espaço, buscando aliar os conhecimentos adquiridos nas diferentes experiências de estudo de meio, com as propostas pedagógicas de sala de aula”, explicou a secretária de Educação, Sílvia Donnini.

Entre os espaços selecionados para o roteiro estão a Chácara Silvestre, icônica propriedade do primeiro prefeito da cidade, Wallace Simonsen, e tombada pelo COMPHAC (Conselho Municipal do Patrimônio Histórico e Cultural de São Bernardo), a Cidade da Criança, o Centro de Reflexão de Trânsito (CRT), o Parque Estoril, a Pinacoteca e a Rota São Bernardo.

Esse último roteiro foi elaborado para os alunos do 5º ano e tem o objetivo de apresentar um pouco dos espaços que fazem parte da história de São Bernardo, passando por locais emblemáticos como a Balsa João Basso, a Represa Billings e a Prainha do Riacho Grande; Rua Marechal Deodoro, Praça Lauro Gomes, Capela Nossa Senhora da Boa Viagem e Santa Filomena e Paço Municipal. Destaque para Câmara de Cultura Antonino Assumpção. Este local, que foi a primeira Prefeitura e Câmara Municipal da cidade, hoje abriga uma exposição com os primeiros prefeitos do município – de Wallace Simonsen a Aron Galante, passando por Tereza Delta, a primeira e única mulher a governar a cidade.

Para a professora Tabada Amorim Fajardo, 41 anos, da EMEB Vereador José Avilez, do bairro Demarchi, o “Roteiro Educador” superou as suas expectativas. “Trabalhamos a história da cidade como um dos temas do 4º ano. Foi interessante retomá-lo de forma interativa. Foi uma atividade muito enriquecedora e, com certeza, esse conteúdo será abordado novamente em sala de aula”, disse.

A estudante Ana Luiza da Silva, 10 anos, da EMEB Verador José Avilez, ficou encantada com o passeio. “Foi algo muito diferente. Sempre vim com a minha mãe para a (Rua) Marechal (Deodoro) e não imaginava que a Câmara de Cultura havia sido Prefeitura. Também gostei muito de conhecer a balsa”, afirmou. O roteiro com as crianças do 5º ano ocorrem todas as segundas e quintas-feiras, pela manhã e à tarde até novembro.

CIDADE EDUCADORA – São Bernardo é uma “Cidade Educadora” desde 2008 e desenvolve diversas ações ligadas ao tema. Conforme as diretrizes do projeto, uma cidade educadora é aquela que, para além de suas funções tradicionais, reconhece, promove e exerce um papel educador na vida dos cidadãos, assumindo como desafio permanente a formação integral de seus habitantes. Entre as ações executadas para a melhoria da vida do cidadão estão o Piscinão e a esplanada do Paço Municipal e a construção do Hospital de Urgência (HU).

A Cidade Educadora também tem como missão fortalecer as ações ligadas à Educação, bem como dialogar com outros assuntos como Habitação, Mobilidade Urbana e Infraestrutura. Outros objetivos são o de promover ações para o bem-estar da comunidade e de estimular atitudes individuais com o foco neste bem comum. Além de São Bernardo, mais 13 cidades brasileiras entre eles estão: São Paulo, Santo André, Horizonte, Mauá, Embu, Belo Horizonte, Sorocaba, São Carlos, Vitória, entre outras.

FONTE: Secretaria de Educação de São Bernardo do Campo https://educacao.saobernardo.sp.gov.br

Postado por ABIME

Related posts

Resultados do Fies e do P-Fies estão disponíveis no site do programa

Carolina Sab

Enem tem 5,1 milhões de inscritos confirmados

Carolina Sab

Escolas estaduais recebem projetores interativos

Carolina Sab

Deixe um comentário