19 de setembro de 2019
Abime
Políticas Públicas

Em São Bernardo, projeto “Roteiro Educador” transforma a cidade em sala de aula

via Secretaria de Educação de São Bernardo do Campo

Desenvolvido pela Secretaria de Educação, iniciativa atenderá em 2019 cerca de 33 mil alunos da pré-escola ao 5º ano; objetivo é estimular o protagonismo infanto-juvenil

Ter uma aula sobre o meio ambiente às margens da Represa Billings, sobre a importância da Rodovia Anchieta para o desenvolvimento econômico de São Bernardo ou um pouco da história da cidade na Rua Marechal Deodoro. O projeto “Roteiro Educador”, desenvolvido pela Prefeitura de São Bernardo, por meio da Secretaria de Educação, estimula o protagonismo infanto-juvenil e a ampliação dos espaços de aprendizagem para os alunos da rede municipal, transformando a cidade em uma grande sala de aula.

A iniciativa impactará cerca de 33 mil alunos da pré-escola (Infantil V) ao 5º ano do Ensino Fundamental. A meta em 2020 é atingir todos os cerca de 82 mil estudantes, incluindo os alunos da creche à EJA(Educação para Jovens e Adultos).

“O Roteiro Educador está alicerçado no conceito de Cidades Educadoras, que visa ampliar o conhecimento dentro da perspectiva de educar na cidade, com a cidade e para a cidade. A iniciativa foi planejada considerando as diferentes faixas etárias dos alunos e as características de cada espaço, buscando aliar os conhecimentos adquiridos nas diferentes experiências de estudo de meio com as propostas pedagógicas de sala de aula”, explicou a secretária de Educação, Sílvia Donnini.

Entre os espaços selecionados para o roteiro estão a Chácara Silvestre, icônica propriedade do primeiro prefeito da cidade, Wallace Simonsen, e tombada pelo COMPHAC (Conselho Municipal do Patrimônio Histórico e Cultural de São Bernardo), a Cidade da Criança, o Centro de Reflexão de Trânsito (CRT), o Parque Estoril, a Pinacoteca e a Rota São Bernardo.

Este último roteiro foi elaborado para os alunos do 5º ano e tem o objetivo de apresentar um pouco dos espaços que fazem parte da história de São Bernardo, passando por locais emblemáticos como a Balsa João Basso, a Represa Billings e a Prainha do Riacho Grande; Rua Marechal Deodoro, Praça Lauro Gomes, Capela Nossa Senhora da Boa Viagem e Santa Filomena e Paço Municipal. Destaque para Câmara de Cultura Antonino Assumpção. Este local, que foi a primeira Prefeitura e Câmara Municipal da cidade, hoje abriga uma exposição com os primeiros prefeitos do município – de Wallace Simonsen a Em São Bernardo, projeto “Roteiro Educador” transforma a cidade em sala de aula.

Desenvolvido pela Secretaria de Educação, iniciativa atenderá em 2019 cerca de 33 mil alunos da pré-escola ao 5º ano; objetivo é estimular o protagonismo infanto-juvenil. Ter uma aula sobre o meio ambiente às margens da Represa Billings, sobre a importância da Rodovia Anchieta para o desenvolvimento econômico de São Bernardo ou um pouco da história da cidade na Rua Marechal Deodoro: essas são algumas das atividades do projeto “Roteiro Educador”, desenvolvido pela Prefeitura de São Bernardo, por meio da Secretaria de Educação, que estimula o protagonismo infanto-juvenil e a ampliação dos espaços de aprendizagem para os alunos da rede municipal, transformando a cidade em uma grande sala de aula.

A iniciativa impactará cerca de 33 mil alunos da pré-escola (Infantil V) ao 5º ano do Ensino Fundamental. A meta em 2020 é atingir todos os cerca de 82 mil estudantes, incluindo os alunos da creche à EJA (Educação para Jovens e Adultos).

“O Roteiro Educador está alicerçado no conceito de Cidades Educadoras, que visa ampliar o conhecimento dentro da perspectiva de educar na cidade, com a cidade e para a cidade. A iniciativa foi planejada considerando as diferentes faixas etárias dos alunos e as características de cada espaço, buscando aliar os conhecimentos adquiridos nas diferentes experiências de estudo de meio, com as propostas pedagógicas de sala de aula”, explicou a secretária de Educação, Sílvia Donnini.

Entre os espaços selecionados para o roteiro estão a Chácara Silvestre, icônica propriedade do primeiro prefeito da cidade, Wallace Simonsen, e tombada pelo COMPHAC (Conselho Municipal do Patrimônio Histórico e Cultural de São Bernardo), a Cidade da Criança, o Centro de Reflexão de Trânsito (CRT), o Parque Estoril, a Pinacoteca e a Rota São Bernardo.

Esse último roteiro foi elaborado para os alunos do 5º ano e tem o objetivo de apresentar um pouco dos espaços que fazem parte da história de São Bernardo, passando por locais emblemáticos como a Balsa João Basso, a Represa Billings e a Prainha do Riacho Grande; Rua Marechal Deodoro, Praça Lauro Gomes, Capela Nossa Senhora da Boa Viagem e Santa Filomena e Paço Municipal. Destaque para Câmara de Cultura Antonino Assumpção. Este local, que foi a primeira Prefeitura e Câmara Municipal da cidade, hoje abriga uma exposição com os primeiros prefeitos do município – de Wallace Simonsen a Aron Galante, passando por Tereza Delta, a primeira e única mulher a governar a cidade.

Para a professora Tabada Amorim Fajardo, 41 anos, da EMEB Vereador José Avilez, do bairro Demarchi, o “Roteiro Educador” superou as suas expectativas. “Trabalhamos a história da cidade como um dos temas do 4º ano. Foi interessante retomá-lo de forma interativa. Foi uma atividade muito enriquecedora e, com certeza, esse conteúdo será abordado novamente em sala de aula”, disse.

A estudante Ana Luiza da Silva, 10 anos, da EMEB Verador José Avilez, ficou encantada com o passeio. “Foi algo muito diferente. Sempre vim com a minha mãe para a (Rua) Marechal (Deodoro) e não imaginava que a Câmara de Cultura havia sido Prefeitura. Também gostei muito de conhecer a balsa”, afirmou. O roteiro com as crianças do 5º ano ocorrem todas as segundas e quintas-feiras, pela manhã e à tarde até novembro.

CIDADE EDUCADORA – São Bernardo é uma “Cidade Educadora” desde 2008 e desenvolve diversas ações ligadas ao tema. Conforme as diretrizes do projeto, uma cidade educadora é aquela que, para além de suas funções tradicionais, reconhece, promove e exerce um papel educador na vida dos cidadãos, assumindo como desafio permanente a formação integral de seus habitantes. Entre as ações executadas para a melhoria da vida do cidadão estão o Piscinão e a esplanada do Paço Municipal e a construção do Hospital de Urgência (HU).

A Cidade Educadora também tem como missão fortalecer as ações ligadas à Educação, bem como dialogar com outros assuntos como Habitação, Mobilidade Urbana e Infraestrutura. Outros objetivos são o de promover ações para o bem-estar da comunidade e de estimular atitudes individuais com o foco neste bem comum. Além de São Bernardo, mais 13 cidades brasileiras entre eles estão: São Paulo, Santo André, Horizonte, Mauá, Embu, Belo Horizonte, Sorocaba, São Carlos, Vitória, entre outras.

FONTE: Secretaria de Educação de São Bernardo do Campo https://educacao.saobernardo.sp.gov.br

Postado por ABIME

Related posts

Selecionados no Sisu podem fazer matrícula

Carolina Sab

Termina prazo para escolas confirmarem participação no Saeb

Carolina Sab

Secretaria de Educação da Bahia abre 295 vagas para professor da educação profissional

Carolina Sab

Deixe um comentário