25 de fevereiro de 2021
Abime
Gestão Escolar

4 sistemas de ensino para sua escola

4-sistemas-de-ensino-para-sua-escola

O processo educacional do século XXI passou por transformações significativas. As mudanças nos hábitos e comportamentos da sociedade, impulsionados principalmente pela ascensão dos recursos tecnológicos, fez com que as escolas se renovassem.

Diante deste novo panorama, muitas instituições começaram a reestruturar os seus sistemas de ensino, levando em consideração o perfil dos alunos, as novas necessidades, expectativas e, claro, as inúmeras possibilidades que a tecnologia trouxe para o processo de ensino-aprendizagem.

A seguir, iremos falar um pouco mais sobre o tema e apresentar 4 sistemas de ensino que a sua escola pode adotar. Não perca!

1. Ensino tradicional

O primeiro dos sistemas de ensino que iremos apresentar é o modelo tradicional, que surgiu na Europa do século XVIII. Esse método tem como foco principal o repasse de conteúdos de forma centrada no professor. Além disso, este que já foi um dos sistemas de ensino mais utilizados no mundo segue um modelo com avaliações padronizadas, nas quais os alunos precisam estudar os conteúdos e apresentá-los nas provas, demonstrando se aprenderam ou não.

O ensino tradicional também prepara os estudantes para a competitividade nos vestibulares, repassando a eles o maior volume possível de conteúdo. Por conta da pouca interatividade do aluno em sala e as exigências rígidas de aprendizagem e comportamento, o modelo de ensino tradicional vem perdendo espaço nas escolas atuais.

2. Sistemas de ensino construtivistas

Um dos métodos que vem ganhando destaque no Brasil é o modelo de ensino construtivista. Ele é inspirado nas ideias do psicólogo suíço Jean Piaget (1896-1980) e foca no aprendizado como construção, pelo qual a criança entende o mundo por assimilação e sempre com uso da sua realidade como referência, isto é, o aluno utiliza de conhecimentos que já possui para compreender o novo.

Uma característica marcante deste que é um dos sistemas de ensino com maior projeção nos dias é a flexibilidade do currículo. Escolas que seguem esse método costumam propor atividades que ajudam na ampliação do conhecimento já adquirido pelo aluno, estimulando a autonomia, a criatividade e o senso crítico do estudante.

3. Ensino sócio-construtivista

Esse sistema de ensino é uma vertente do modelo apresentado acima. As escolas que seguem o ensino sócio-construtivista se baseiam nas ideias do psicólogo bielo-russo Lev Vygotsky (1896-1934), criador da teoria de que o conhecimento é adquirido a partir das relações interpessoais.

O ponto de destaque deste exemplo de sistema de ensino é que o papel da linguagem é tido como fundamental, pois os sócios-construtivistas acreditam que o estudante aprende por meio da interação com grupos sociais, outros alunos e professores. Neste modelo, os educadores atuam como mediadores entre o aluno, seus conhecimentos e o mundo.

4. Escola democrática

Mais um dos sistemas de ensino que sua escola pode adotar é o modelo de instituição democrática. Baseada em uma pedagogia libertária, o ensino democrático coloca os alunos como os atores centrais do processo educacional e os professores são facilitadores que auxiliam nas atividades, de acordo com o interesse do estudante.

As instituições que seguem a linha democrática de ensino permitem que os alunos e toda a comunidade escolar participem da rotina do colégio, sendo que cada um é responsável por si, mas também pelos demais participantes deste processo educacional.

Sistema de gestão escolar ajuda a tornar os modelos de ensino mais eficazes

Independentemente de qual dos sistemas de ensino a sua escola adote, é importante enfatizar que os gestores precisam de tempo disponível para se dedicarem a todos os detalhes do processo educacional, que envolve desde o acompanhamento dos professores até o contato com as famílias.

Para dar conta de tudo isso, é muito importante que a instituição conte com um sistema de gestão escolar. Hoje, é possível encontrar no mercado softwares como o SophiA Gestão Escolar, desenvolvido pela Prima, que tem como foco auxiliar as escolas em diversos desafios, atuando em parceria na otimização de serviços administrativos, financeiros e organizacionais, como:

• Controle das contas a receber, que diminui a inadimplência da escola;

• Emissão de notas fiscais de serviços diretamente pelo software;

• Acompanhamento simultâneo das contas a pagar da instituição;

• Ficha financeira e 2ª via do boleto bancário disponíveis via internet;

• Informações para apoiar a tomada de decisões por meio de relatórios de fluxo de caixa, descontos concedidos, faturamento por     turma, dentre outros pontos;

• Notas do aluno, agrupadas pela divisão anual escolhida pela escola (bimestral ou trimestral);

• Calendário escolar completo com todos os eventos escolares, desde provas e reuniões de pais e mestres até excursões;

• Alertas de ocorrências referentes ao comportamento do filho ou atrasos.

Ao adotar um sistema de gestão escolar, a equipe gestora do colégio terá a possibilidade de acompanhar mais de perto a área pedagógica e a aplicação do sistema de ensino, garantindo a excelência na formação dos alunos.

Fonte: Silabe
Postado por: Abime

Related posts

Capes abre 1.800 novas bolsas em áreas estratégicas para os estados

Carolina Sab

As dez tendências inovadoras da educação

julio_bessa

Gestão escolar 2021: Quais as prioridades para o próximo ano letivo?

julio_bessa

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.