2 de julho de 2020
Abime
Políticas Públicas

Juventude e Meio Ambiente integra projetos de extensão universitária

Abime-blog-post-juventude-meio-ambiente

Edital convoca instituições a apresentarem propostas de programas que envolvam temas relacionados às políticas ambientais

TINNA OLIVEIRA

Por sugestão do Ministério do Meio Ambiente (MMA), a temática “Juventude e Meio Ambiente” passará a integrar os projetos de extensão universitária. O edital do programa de Extensão Universitária (ProExt), do Ministério da Educação (MEC), convoca Instituições de Nível Superior a apresentarem propostas de programas e projetos sobre diversos temas, dentre eles os relacionados às políticas ambientais. O credenciamento acontece até 25 de abril.

O subtema “Juventude e Meio Ambiente” é a novidade deste edital, que trata do apoio às iniciativas que promovam o envolvimento de jovens, dentro e fora da universidade, no cuidado com meio ambiente e na gestão ambiental, por meio de atividades participativas em diversas frentes. Para a coordenadora de Juventude do MMA, Marccella Berte, a inclusão desse tema traz um diferencial, pois abre uma oportunidade dos jovens universitários tratarem das questões ambientais, envolvendo outros jovens, inclusive de fora da universidade ou das comunidades no entorno da instituição. “Cumprido, assim, com a função social da universidade na perspectiva de envolver e enxergar essa geração como parceira na construção de uma sociedade sustentável”, enfatiza.

Outros temas da área ambiental que constam no edital são: florestas, agroecologia e agroextrativismo, conservação e uso da biodiversidade, gestão de águas, qualidade ambiental e produção e consumo sustentáveis. A coordenadora explica que a expectativa é que os temas encontrem espaço no meio acadêmico e possam ser aprofundados pelas instituições de ensino superior do país, mas que também ultrapassem os muros da universidade.

RECURSOS E PRAZOS

Do edital ProExt anterior, foram contemplados com recursos 54 projetos e programas inscritos nas linhas de pesquisa propostas pelo MMA. O valor das propostas relativas à modalidade Programas foi reajustado neste ano para o valor de até R$ 300 mil. Sua execução será a cada dois anos, com metade dos recursos repassados a cada ano. O valor das propostas relativas a Projetos passa a ser de até R$ 100 mil, continuando a ser de execução anual.

O prazo para credenciamento das instituições no Sistema de Informação e Gestão de Projetos (Sigproj), do MEC, está aberto até 25 de abril. Podem participar universidades públicas federais, estaduais e municipais; instituições comunitárias de ensino superior (desde que tenham certificado de qualificação, exigido pela Lei no 12.881/2013); Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia (IF) e Centros de Educação Tecnológica (Cefet). O objetivo desta iniciativa é apoiar o desenvolvimento de programas ou projetos de extensão, com ênfase na inclusão social, que contribuam para a implantação de políticas públicas.

Confira aqui o edital completo.

 

Fonte: ssa

Postado por Abime | www.abime.com.br

Related posts

O desafio das escolas brasileiras com alunos imigrantes

julio_bessa

Enem: candidatos sem isenção têm até quinta-feira para pagar inscrição

Carolina Sab

MEC realiza cursos de formação para professores da zona rural

Carolina Sab

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.