22 de outubro de 2021
Abime
Políticas Públicas

Congresso prorroga validade da MP que flexibiliza calendário escolar

Abime-projeto-de-lei-quer-regular-volta-as-aulas-no-pais-apos-pandemia

O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei.

O presidente do Congresso Nacional, senador Davi Alcolumbre, prorrogou por mais 60 dias a validade da Medida Provisória 934/2020, que promove ajustes no calendário escolar de 2020. A prorrogação se deu por ato publicado nesta quinta-feira (28).

Pelo texto da medida provisória (MP), as escolas da educação básica e as instituições de ensino superior — que estão com as aulas presenciais suspensas em decorrência da pandemia de coronavírus — poderão distribuir a carga horária (800 horas anuais no caso da educação infantil e dos ensinos fundamental e médio) em um período diferente dos 200 dias letivos previstos na legislação.

O ajuste valerá enquanto durar a situação de emergência da saúde pública. Tanto a carga horária como o número de dias letivos são definidos pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB — Lei 9.394, de 1996).

A educação superior também conta com a previsão legal de 200 dias letivos obrigatórios — excluído o tempo reservado aos exames finais, quando houver. A carga horária se aplica de acordo com as diretrizes curriculares dos cursos. A flexibilização deverá seguir as normas dos respectivos sistemas de ensino.

A MP aguarda votação nos Plenários da Câmara dos Deputados e do Senado Federal.

Fonte: Agência Senado

Postado por: Abime | www.abime.com.br

 

Related posts

Senado aprova em 1º turno PEC que veda punição a gestores locais que não investirem mínimo em educação na pandemia

julio_bessa

Resultado da primeira chamada do ProUni está disponível

julio_bessa

Liberada a concessão de 2,6 mil bolsas para estudos de epidemias

julio_bessa

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.